Veja se da sua cidade será possível assistir o Eclipse Solar do dia 26 de Fevereiro!

No dia 26 de Fevereiro de 2017, acontecerá um dos mais bonitos eventos astronômicos. O famoso e raro Eclipse solar!

http://blog.netsabe.com.br/wp-content/uploads/2017/02/eclipse-solar.jpg 





Poderá ser visto do Brasil?
Sim! Mas nosso País será beneficiado apenas parcialmente deste fenômeno, o que também nos dará um belo efeito visual! Vale a pena reunir seus amigos e familiares para observar este eclipse!



Qual a localização do Eclipse?
A imagem a seguir mostra com detalhes a trajetória do Eclipse.

https://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/c/c4/SE2017Feb26A.GIF 



 Como posso observar este eclipse?
 Aqui vai uma informação muito importante!
Jamais, em hipótese alguma, olhe diretamente para o sol, ou a "olho nú", ou com um binóculos ou com um telescópio!

O aconselhado é:
Se for observar a "olho nú", use um bom óculos solar, que tenha um bom filtro e bloqueie uma boa parte da luz solar para evitar danos aos olhos. Mesmo com a luz do sol sendo parcialmente bloqueada, você ainda conseguirá ver o efeito. Lembre-se: Em primeiro lugar, proteja sempre os seus olhos!

Se for observar com um binóculos ou com telescópios, use sempre um bom filtro solar apropriado para telescópio!

Jamais use folha de Raio X para observar o sol!


Conseguirei observar o Eclipse da minha cidade?

Abaixo segue a lista das cidades onde o Eclipse será visível.
(Clique na imagem para ampliar e melhorar a visualização)
tabela a seguir apresenta o cronograma e fases da Eclipse solar parcial em 26 de Fevereiro de 2017 no Brasil. Para cada cidade que tenha atribuído um fuso horário (UTC) muito precisa (leva em conta o horário de verão, se aplicável). Alt. Sol: Excelente Bom baixo muito baixo

Fonte: https://www.vercalendario.info/pt/lua/brasil-26-fevereiro-2017.html



A tabela a seguir apresenta o cronograma e fases da Eclipse solar parcial em 26 de Fevereiro de 2017 no Brasil. Para cada cidade que tenha atribuído um fuso horário (UTC) muito precisa (leva em conta o horário de verão, se aplicável).

Fonte: https://www.vercalendario.info/pt/lua/brasil-26-fevereiro-2017.html
 A tabela apresenta o cronograma e fases da Eclipse solar parcial em 26 de Fevereiro de 2017 no Brasil. Para cada cidade que tenha atribuído um fuso horário (UTC) muito precisa (leva em conta o horário de verão, se aplicável).

Vale lembrar que: Se alguma cidade citada na imagem acima, é próxima da sua cidade, você certetamente irá conseguir ver o Eclipse também!

Significado das cores para a altura relativa do sol no momento do Eclipse:
Verde Escuro = Excelente
Verde claro = Bom
Amarelo = Baixo
Vermelho = Muito baixo

Você pode ler a tabela acima da seguinte forma: Em 26 de Fevereiro de 2017 em Brasilia (UTC -3), um eclipse do tipo Eclipse solar parcial terá início às 10:24:42, o eclipse máximo irá ocorrer 11:37:32 em que o Sol atinge uma altitud de 76° e 059 ° do Azimute, o evento vai chegar ao fim em 12:51:23 e terá um magnitud de 0.274 (a magnitude de um eclipse é a relação do tamanho aparente da Lua com o tamanho aparente do Sol durante um eclipse) e uma obscuridade de 0.165 (a fração do Sol obscurecido). 


O que acontece? 
O Eclipse Solar nada mais é do que a projeção do sol causada pela sombra da lua, já que a lua fica entre o Sol e Terra, escurecendo assim a luz solar. Veja nas imagens:

https://optclean.com.br/wp-content/uploads/2016/03/eclipsedesol1.jpg

http://s4.static.brasilescola.uol.com.br/img/2014/12/esquema-do-eclipse-solar.jpg


Ainda tem mais!
Neste ano de 2017, nosso País passará por outros eclipses! Quer saber quais são? Acesse nosso artigo sobre eclipses clicando aqui!

Gostou dessas informações?
Compartilhe para seus amigos!

Destaque do site:

A equipe EuAstrônomo disponibiliza algumas das conversões de unidades mais utilizadas para Astronomia e Astrofotografia.

Como utilizar?
Basta colocar o que deseja utilizar de um lado, apertar Enter, que nosso site irá calcular o valor que você deseja encontrar! Veja:

ASTRONOMIA

Distâncias Astronômicas
 1 parsec (pc) = 206265 Unidades Astronômicas (UA) = 3,26 anos-luz:
parsec:« ano-luz
parsec: « U.A.
ano-luz: « U.A.
ano-luz: « trilhões de km



Ótica dos Instrumentos

Aproximação x Distâncias focais:
A = F1 / F2
Distância focal da objetiva (F1): mm
Distância focal da ocular (F2): mm
Aproximação (A): vezes
Aproximação x Pupila da ocular:
A = Ø / P2
Aproximação (A): vezes
Diâmetro da objetiva (Ø): mm
Pupila da ocular (P2): mm

Magnitude limite (aproximada):
Mi = 7.1 + 5 x Log(Ø / 10)
Diâmetro da objetiva (Ø): mm
Magnitude limite (Mi):

Magnitude limite (exata):
Mi = 8.3 + 5 x Log(Ø / 10) - 2.5 x Log(P2)
Diâmetro da objetiva (Ø): mm
Pupila de saída (P2) (veja pupila da ocular acima): mm
Magnitude limite (Mi):

Resolução (aproximada):
R = 120 / Ø
Diâmetro da objetiva (Ø): mm
Resolução aproximada (R): " de arco



 
Fotografia



Tempo máx. de exposição para fotos do céu c/ câmera fixa:
Tm = 550 / (F1 * cos (d))
Distância focal da objetiva (F1): mm
Declinação do centro do campo (d): °
Tempo máximo de exposição (Tm): s

Conversor "Tempo de Exposição 1" X "Abertura 1"
para "Tempo de Exposição 2" X "Abertura 2":

T1 / (A1)2 = T2 / (A2) 2
Exposição 1 (T1): s Abertura 1 (A1): f/
Exposição 2 (T2): s Abertura 2 (A2): f/



Régua de Cálculo para Astrofotografia com Câmera Fixa


Esta régua efetua os cálculos vistos na fórmula que calcula o tempo de exposição para astrofotografia com câmera fixa. Este é o tempo máximo que podemos expor um filme fotográfico antes que as estrelas comecem a apresentar um traço devido à rotação da Terra. Usando o mouse sobre a bara de rolagem inferior, faça a parte central da régua deslizar até que a distância focal da olente da sua máquina fotográfica coincida com a declinação da região a ser fotografada. Leia, então, o tempo máximo de exposição indicado pela seta azul. Lembre-se que este é o tempo máximo permitido para que não apareçam os traços das estrelas provcados pela rotação da Terra. Você pode usar tempos menores conforme o efeito desejado.



Você pode imprimir as duas escalas e confeccionar uma régua usando papel cartão grosso.

   




1 - Régua caprichada: cole as figuras das escalas da régua em um cartão grosso (1 a 2 mm) cuidando para que as partes superior e inferior (área azul da figura abaixo) estejam alinhadas conforme o desenho original. Corte tiras do cartão com larguras adequadas e faça um sanduíche triplo de cartão conforme a figura colando nas linha cinza claro da figura abaixo
Cuide para não colar as partes amarelas com as azuis pois a escala central deve deslizar no trilho formado pelo sanduíche de papel cartonado.

2 - Régua fácil: Cole as escalas superior e inferior numa cartolina e recorte uma janela central (área verde da figura abaixo). Dobre a cartolina para trás nas duas linhas vermelhas e cole ou prenda com fita adesiva uma metade na outra.
Cole a escala central num pedaço de cartolina que entre justo no "envelope" formado pela dobradura anterior, cuidando que esta escala fique centrada na janela aberta.





Quer ter um mapa do céu online da sua cidade agora? Aprenda como fazer!


Que tal ter um mapa celeste da sua cidade online agora mesmo? Faça isso sem precisar instalar nada em seu computador/notebook e sem precisar ter conhecimentos avançados sobre astronomia! (Não disponível para aparelhos celulares, disponível apenas para computadores ou notebooks)

Este artigo é uma aula onde você irá aprender como utilizar nossa ferramenta do Planetário para criar um mapa celeste da sua cidade!



O que você terá que fazer?
Primeiro passo: Descubra a latitude e longitude da sua cidade. Você poderá fazer isso clicando aqui.
Digite o nome da sua cidade (Nome da cidade e a sigla do Estado) no campo indicado. Tomarei como referência a cidade de São Paulo, veja:

Veja que eu digitei "São Paulo SP", e logo apareceu "São Paulo, Sp" e logo embaixo surgiu a opção "São Paulo SP, Brasilien", você terá que clicar na opção correta, neste caso, a primeira opção que apareceu. O site te dará as coordenadas da cidade. Veja:


Você terá os dados de Latitude e Longitude, anote esses dados!
Então temos:
Latitude: -23° 55'
Longitude: -46° 63'

Preste bem atenção no seguinte:
Teremos que dizer as posições nos pontos cardeais destas coordenadas, de modo simples, se a latitude for negativa, será Sul e se a longitude for negativa, será Oeste, que é o nosso caso, pois o 23 e 46 estão negativos, logo teremos:

Latitude: 23° 55' ao Sul
Longitude: 46° 63' ao Oeste

EXCEÇÃO:
Tomei como exemplo a cidade de São Paulo pois a Longitude marca 63' (ou 63 minutos), o que não pode acontecer, 63 minutos corresponde a uma hora e três minutos, logo, essa "uma hora" será adicionado aos graus, teremos então:
Longitude: 47° 03' ao Oeste

Resumindo, temos que:
 Latitude: 23° 55' ao Sul
Longitude: 47° 03' ao Oeste
 (Caso sua cidade não passe de 60 minutos, deixe os valores como estão).

De posse desses conhecimentos, iremos abrir nosso planetário virtual para criar nosso mapa celeste clicando aqui. 

Esperaremos o carregamento da página e daremos um clique na tela do planetário para abrir  nosso sistema planetário.

Em seguida iremos clicar neste botão:


Que irá abrir esta página:


Onde, iremos clicar em "data":


Aqui é onde iremos colocar os dados que obtivemos anteriormente, para isto, iremos ir clicando nas setinhas para ir modificando os valores existentes, iremos escolher Norte ou Sul, conforme já verificamos, nossa localização é ao Sul.


Em seguida, iremos adicionar nossas coordenadas clicando nas setas:


Faremos isso com as outras setas, alterando para leste ou Oeste e alterando os valores das coordenadas. Conforme já vimos, nossa localização é ao Oeste.


Por fim, teremos este resultado para cidade que escolhemos:
(Vale lembrar que você colocará os dados da sua cidade, estas imagens são apenas exemplos).


Está configurado a nossa carta celeste! Para ver o que aparecerá no céu, basta clicar na imagem do telescópio:


Pronto! A carta celeste da nossa cidade está pronta! A linha representada, diz onde está o Horizonte, abaixo dela estão os objetos celestes que não estão mais visíveis no céu noturno, e acima da linha, estão os objetos visíveis! Navegue pelo céu clicando na tela e arrastando com o mouse, veja todas as constelações e planetas presentes no céu da sua cidade.


Você também poderá alterar a data e a hora dos objetos, podendo prever futuras observações do céu, para isso, basta clicar na data que aparecerá e alterar para a data e hora que desejar.


Clique nas setas para alterar para a data e hora que desejar:


Depois que concluir, clique na tela novamente e navegue pelo céu a vontade!
Boas observações!

Atenciosamente: Equipe EuAstrônomo.
-> Novidade: Calendário Astronômico 2016 aqui!
Com chuvas de meteoros e ec
lipses!

-> Novidade: Camisas EuAstrônomo disponíveis aqui!

Entre em contato conosco através do email:
contato@euastronomo.com
Nos ajude a manter este site! Faça uma doação com qualquer valor clicando no botão "doar".

"Para onde irá minha doação?"
Irá de início para o desenvolvedor do site (Sávio Negrão), onde posteriormente será dividido para a manutenção deste site (pagamento de domínio, serviços de divulgação contratados, redatores e desenvolvedores que fazem nosso site funcionar).

Gostou do site? Está disposto a nos ajudar?
Então nos ajude com qualquer valor simbólico. O site foi feito para vocês!